Adaptação Escolar

Os primeiros dias do ano letivo são dedicados a acolher as crianças que ingressam na Escola.
22/01/2020

As mudanças estão sempre presentes em nossas vidas. Elas nos mobilizam para vivermos o novo e nos anunciam novos ciclos. A adaptação ao ambiente escolar nos diz de um tempo que não é cronológico, mas de um tempo para nos apropriarmos do que ainda não é conhecido e estabelecermos novos vínculos afetivos. Tempo que diz da história de cada um. Tempo de explorar, acolher e cuidar. Tempo de crescer e festejar.

A entrada da criança na Educação Infantil, muitas vezes, coincide com o início da experiência de afastamento da criança de seus pais, especialmente da figura materna, sendo para muitas a primeira experiência de separação significativa em sua vida e de vivência de um espaço coletivo e de um ambiente formal de escolarização.

A alegria de explorar esse novo e curioso ambiente coincide com vários sentimentos de receio, estranheza e desconfiança, que devem ser escutados e acolhidos. Cuidar desse momento é reconhecer que esse é um processo importante e subjetivo, que envolve tanto a criança como os pais.

Cabe à escola olhar a criança em sua singularidade e favorecer que esse novo espaço físico e relacional seja conhecido em sua ordenação através de estratégias de acolhimento e bem-estar, o que só é possível a partir da construção de laços de confiança entre Família e Escola e Criança e Educador.  A partir dessa parceria, a criança pode se sentir mais segura e, assim, vivenciar novas descobertas neste instigante universo chamado Escola.

 

Dicas importantes:

Prepare seu filho para a vinda à escola, mas evite explicações longas;

Organize-se para ter um adulto de referência para a criança que possa acompanhá-Ia no período de adaptação;

Procure colocar a criança no chão para que ela possa explorar o espaço e incentive seu contato com os educadores;

Quando chegar o momento de se despedir, tente ser breve e firme;

Nunca saia sem se despedir. Comunicar à criança que você já vai ajuda-a a se organizar frente a sua ausência;

Evite interrogatórios sobre como foi o dia na escola, pois isso pode provocar desconfiança na criança;

Procure manter a rotina combinada com a escola. Ela ajuda a criança a se organizar no novo ambiente;

Lembre-se de que a ausência ou presença de choro não significa "estar adaptado" ou "não estar adaptado".

Notícias Relacionadas

Alunos do 4º ano viveram aventuras fantásticas através das contações de histórias e do...
Diversas aprendizagens sobre o tempo, a espera, as transformações, a natureza e seus...
Durante a aula de inglês, os alunos fizeram um passeio transdisciplinar de valorização...