As letras do Sertão

O lançamento do Criações Literárias foi regado pela força e a coragem do sertão.
07/11/2019

O sertão vai virar mar: Mar de letras, palavras e versos, mar de literatura. Neste ano, o Criações Literárias homenageou três escritores que narraram o sertão com muito encanto e beleza: Euclides da Cunha, João Cabral de Melo Neto e Patativa do Assaré.

 A noite de cerimônia de lançamento da publicação foi regada à poesia e à música, versos e estrofes que carregam consigo as cores, a geografia, os mistérios, a força e a coragem do sertão nordestino. Esse território tão rico também serve de metáfora para a escrita e a literatura, que mesmo na secura e na dor, consegue encontrar força e reinventar a existência através da palavra.

Alunos do 6˚ ano do Ensino Fundamental ao 3˚ ano do Ensino Médio subiram ao palco para receber uma edição do livro, que é povoado de poemas tão singulares quanto originais.

Um momento de encontro e celebração reafirmando a importância de projetos que estimulem a leitura e a escrita como forma de experiência com o mundo, com os acontecimentos do cotidiano e com a própria vida.

 

 

 

Notícias Relacionadas

Acompanhe o calendário das festas da Educação Infantil e Ensino Fundamental (2º ao 5º).
Veja a programação e participe!
Carta de Iasmin Brilhante, autora da música “Pra Toda a vida”.